Durante a Sua breve vida como Manifestante de Deus sobre a terra, o Báb revelou um grande número de Livros e Epístolas, incluindo cartas para o rei do Irão, Muhammad Shah, e para todos os principais clérigos do país. Quase todos estes textos foram compostos durante um período de sete anos, de 1843 até à Sua execução em julho de 1850, aos 30 anos de idade. Os Escritos do Báb - Arauto da Fé Bahá'í - são reverenciados pelos bahá'ís como Escritura Sagrada.